domingo, 15 de março de 2009

parecíamos pássaros voando

sentimento que resiste
nao é livre de gostar,
não é livre de amar.

se eu agora
me sinto triste
sempre sei que posso caminhar,

e de repente,
já não sinto mais tristeza em mim
observando as cores do céu e do mar.

mas é tão cedo ainda,
e tu precisas saber o que se passa
aí dentro no teu coração

e na razão
que te permite agir
sem medos e fronteiras para tua vida inteira.

chegou a hora de saber
sobre e quem realmente és,
aí dentro no teu coração,

o que queres,
o que sonhas para esta vida,
já definida antes de saberes quem és.

eu fui embora mas voltei
para sentir a viva magia
do teu coração.

tão leves e brilhantes,
parecíamos pássaros voando
livres.


Porto, Março2009, poema de Enlaçador Eléctrico

Um comentário:

  1. passarinho, que som é esse?

    voa canarinho, voa, mostra para esse povo que és um rei!

    gosto de suas asas :)
    abraço amigo!

    ResponderExcluir